quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Memorias del Stronismo.

Protesto contra a repatriação dos restos mortais de Stroessner.

O jornal paraguaio ABC Color publicou um especial sobre a ditadura do general Alfredo Stroessner (1912-2006), que governou o Paraguai entre 1954 e 1989.
Neste ano de 2012, Stroessner completaria 100 anos e os seus familiares buscam repatriar os restos mortais do ditador. Após a queda da ditadura, Stroessner recebeu asilo do Brasil. O ditador faleceu e foi enterrado em Brasília. 
Prof. Paulo Renato da Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário