quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Outro bom tema para se debater este ano...

80 ANOS DA REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932.
Cartaz para estimular os paulistas a lutarem contra Vargas.

A Revolução Constitucionalista eclodiu no Estado de São Paulo em 9 de Julho de 1932. Pedia o fim do governo provisório do presidente Getúlio Vargas, que se prolongava desde 1930. Exigia uma nova Constituição e a realização de eleições. 
Os revolucionários perderam militarmente em poucas semanas, mas, em 1934, foram parcialmente contemplados por Vargas.
No Estado de São Paulo é feriado em 9 de Julho.
Algumas perguntas devem ser feitas sobre o tema: era um movimento que representava somente os interesses das elites paulistas ou também canalizava demandas populares? Era exclusivamente paulista ou também contemplava anseios existentes em outros Estados? A imagem de movimento elitista e restrito ao Estado de São Paulo não teria sido difundida pelo governo Vargas para deslegitimar os revolucionários e justificar a repressão?

Tropas paulistas.

Na cidade de São Paulo, o Obelisco do Parque Ibirapuera homenageia os soldados paulistas mortos em 1932.

Prof. Paulo Renato da Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário