sexta-feira, 1 de junho de 2012

Movimentos sociais brasileiros contemporâneos.

O Brasil transmite a imagem de um país marcado pela convergência, pelo entendimento entre os diferentes, imagem esta relacionada, em parte, ao mito da democracia racial. No entanto, um passeio pela internet indica uma imagem um tanto diferente. Vemos multiplicar os movimentos sociais no país, assim como as causas que levam à mobilização dos sujeitos e grupos. Vejamos – e conheçamos – alguns exemplos:

Associação Nacional de Ação Indigenista (ANAI) - http://www.anai.org.br/

Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (CONAQ) – http://quilombosconaq.blogspot.com.br/

Grupo Gay da Bahia (GGB) - http://www.ggb.org.br/

Instituto Maria da Penha (IMP) - http://www.mariadapenha.org.br/

Movimento das Donas de Casa de Minas Gerais (MDCMG) – http://www.mdcmg.com.br/index.php?sendPage=apresentacao

Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) - http://www.mabnacional.org.br/

Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) - http://www.mst.org.br/

Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) - http://www.mtst.org/

Movimento Nacional da População de Rua (FalaRua) - http://www.falarua.org/#toplink

Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH) - http://www.mndh.org.br/

Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) - http://www.mncr.org.br/

Professores em greve!

Um comentário:

  1. Legal Paulo... Obrigado! Assim fica visível os instrumentos de resistência no nosso país.

    ResponderExcluir